sábado, 23 de fevereiro de 2013

Reflita (:

“A raiz é a parte da árvore que ninguém vê. Todos veem a maravilhosa copa das árvores, seu troco, seus galhos. Mas ninguém vê o que a sustenta: Sua raiz. Na nossa vida com Deus, devemos ter raízes, momentos secretos com Deus. Todos os dias, temos a oportunidade de ter nosso momento com Ele, mas nem sempre aproveitamos essa oportunidade. Queremos ser renovados de congresso em congresso. No culto louvamos, pulamos, oramos em línguas,e estamos em pleno avivamento, mas quando chegamos em casa esse avivamento some…Não fazemos mais nossos devocionais secretos (entre nós e Deus).Parece que é necessário alguém olhando,pra demonstrar amor por Ele.O que não entendemos é que,nossa raiz é responsável pela nossa sustentação. Existe uma espécie de palmeira do deserto arábico (uma das maiores árvores que existem), cuja folhas estão sempre verdes,e que mesmo no deserto, ela é grande e forte. Então você pergunta: Como pode essa palmeira aguentar os ventos e todo calor do deserto, e mesmo assim crescer? A resposta é simples: Sua raiz. Essa palmeira, tem sua raiz muito profunda, então mesmo com todo calor, e ventos da superfície, ela estabelece sua sustentação através dos lençóis subterrâneos. Assim somos nós. Na nossa vida passamos por vales e desertos. E é no deserto onde acontece as nossas maiores provações, e se não tivermos uma raiz profunda, uma vida íntima com Deus, capaz de nos alimentar, iremos cair, e o deserto nos vencer.
Em Mateus 6: 6, está escrito: “Tu porém quando orares, entra no teu quarto e fechada a porta, orarás ao teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.”. Não ore para ganhar honras e glórias. Ore para colocar Deus no lugar dEle, somente através da oração podemos deixar Deus agir.”


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Erick Haendel - Bote Féé 2010 - 2012 -