terça-feira, 24 de julho de 2012

Polícia chinesa confisca Bíblias de igreja



Polícia chinesa confisca Bíblias de igreja
Autoridades chinesas estão cometendo uma série de abusos de poder contra a igreja não registrada de Chengguan, o ataque mais recente aconteceu com uma membro dessa denominação, Xia Changzhi, que teve sua casa invadida.
Dessa invasão, cinco caixas de Bíblias foram confiscadas sob a alegação de que eram livros pirateados, quando na verdade as Bíblias são publicadas pelo próprio governo da China e vendidas em uma igreja autorizada.
Segundo o ministério Portas Abertas, Xia chegou a ser chamada para um interrogatório podendo explicar que adquiriu as Sagradas Escrituras legalmente em uma igreja que tem autorização para funcionar e para vender esses livros. Mas mesmo assim o oficial da província de Shaanxi afirmou que a igreja não tem licença e que, portanto, não poderiam adquirir aqueles livros.
O ministério de Chengguan tem sido perseguido pelas autoridades há muito tempo chegando a ameaçar os membros e alertando-os para que busquem seus direitos legais. Ao determinar que o caso da apreensão das Bíblias é caso de pirataria a igreja e o pastor terão que pagar multas.


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Erick Haendel - Bote Féé 2010 - 2012 -