domingo, 2 de setembro de 2012

A SANTIFICAÇÃO E A VIDA VITORIOSA

“Dispõe-te, santifica o povo e dize: santificai-vos para amanhã, porque assim diz o Senhor, Deus de Israel: Há coisas condenadas no vosso meio, ó Israel; aos vossos inimigos não podeis resistir, enquanto não eliminardes do vosso meio as coisas condenadas.” Josué 7:13

Nem sempre nos embates que enfrentamos na vida conseguimos obter o êxito que esperávamos. Tantas

 vezes ficamos perplexos diante dos resultados desfavoráveis. Não encontramos uma resposta plausível para tais circunstâncias. A crise se estabelece ameaçando a nossa estabilidade física, emocional e espiritual. Pelo fato de não entendermos as razões de tais fracassos e nem as suas causas geradoras, nos indignamos perdendo o foco da nossa caminhada. O que fazer em tais momentos? Que atitudes tomar quando densas nuvens cobrem o céu das nossas vidas impedindo que os raios do sol da esperança entrem iluminando a nossa mente e aquecendo o solo frio e tão castigado do nosso coração?
Josué, servo do Deus Altíssimo, por Ele foi convocado para uma importante missão: entrar na terra prometida. Havia uma grande certeza de vitória, afinal, Deus estava com eles. No entanto, após uma conquista inesquecível, a derrubada dos muros de Jericó e a conseqüente posse da terra, Josué e seu povo foram surpreendidos com uma vergonhosa derrota. Ele não entendeu como isso pôde acontecer. Sua atitude foi a de buscar a Deus em oração, quebrantando-se perante a sua face e derramando diante dele o seu coração. O Senhor revelou a ele que houve pecado e que a desobediência foi a causa de tamanha tragédia.
Deus, diante de tal fato, ordena a Josué que santifique o povo. Para tanto, era necessário que o pecado fosse abandonado. A vitória do povo de Deus estava na razão direta da sua plena e absoluta obediência à Palavra do Deus Eterno. O que havia acontecido? Acã tinha se apropriado dos despojos do povo de Jericó, o que tinha sido terminantemente proibido. É impossível que venhamos a caminhar bem na vida, obtendo as vitórias que desejamos sendo desobedientes ao Senhor. A desobediência é um pecado muito grave, ela nos impede de vivermos de forma triunfante. Ela é uma afronta a Deus. Ela é uma tentativa de sabotar os eternos propósitos do Senhor quanto àquilo que Ele quer realizar no meio do seu povo.

 

Precisamos constantemente examinar a nós mesmos, especialmente nos momentos em que uma crise se instaura em nossas vidas. É necessário identificar o local em que a “brecha” foi aberta e tratá-la com urgência. Tentar se apropriar daquilo que foi condenado por Deus, trazendo pra dentro dos nossos lares e do nosso coração aquilo que é reprovável pelo Senhor, é caminhar a passos largos para o fracasso. Santificar-se ao Senhor é promover uma limpeza na vida, obedecendo sempre a sua Palavra para que a nossa caminhada seja sempre segura e os eternos e abençoados propósitos de Deus se cumpram em nossas vidas.


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Erick Haendel - Bote Féé 2010 - 2012 -